×

NOTA DE ESCLARECIMENTO - HISTORIAL DA CIDADELA

Partilhar Facebook Linkdin Twitter

HISTORIAL DA CIDADELA

1. Segundo a Acusação do Ministério Público, o registo da Cidadela foi falsificado em 1954, numa altura em que o Alfredo Monteiro de Carvalho nem sequer tinha nascido.

 

2. A Tecnicil Imobiliária foi criada em agosto de 1996, por José António Monteiro Teixeira e Mulher, numa altura em que Alfredo Monteiro de Carvalho era Diretor-Geral dos TACV.

 

3. Alfredo Monteiro de Carvalho e Tecnicil Imobiliária desconhecem em que circunstâncias os Senhores Fernando José Serra e Sousa e Mulher adquiriram Cidadela, pessoas que, aliás, nunca conheceram, por qualquer forma ou via.

 

4. Cidadela foi comprada, pelo valor de 40.000.000$00 (quarenta milhões de escudos), aos Senhores Fernando José Serra e Sousa e Esposa, por uma vintena de cidadãos Italianos, no dia 9 de março de 1998, todos desconhecidos de Alfredo Monteiro de Carvalho e da Tecnicil Imobiliária e com quem nunca tiveram qualquer relacionamento pessoal ou profissional.

 

5. A compra foi feita pelo Senhor Arnaldo Martini, como Presidente do Conselho de Administração em representação da Sociedade criada pelos Italianos (Sociedade de Desenvolvimento de Achada de Palmarejo), cidadão italiano esse que Alfredo Monteiro de Carvalho nunca conheceu até ao presente.

 

6. Em 11 de setembro de 1998 os Italianos pedirem autorização da Câmara Municipal da Praia para elaborar o Projeto de Urbanização da Cidadela.

 

7. Em 22 de dezembro de 1999 a Câmara Municipal da Praia apreciou o Plano de Urbanização da Cidadela apresentado pelos Italianos.

 

8. Em fevereiro de 2000 os Italianos celebraram um Contrato–Programa para urbanizar Cidadela com a Câmara Municipal da Praia, prevendo obrigações para ambas as partes.

 

9. Cerca de um ano depois, no decurso ano 2001, os Italianos iniciaram as vendas de lotes de terreno da Cidadela para construção, através de várias agências deintermediação imobiliária.

 

10. Tomando conhecimento do início das vendas de terrenos na Cidadela pelos Italianos, para eliminar a concorrência às suas atividades, a Tecnicil Imobiliária, que na altura estava a desenvolver o projeto de urbanização “Vilas Oceânicas” em Achada Grande Trás, numa área de 100 hectares (1.000.000m2), decidiu comprar aos Italianos, pelo valor de 460.000.000$00 (quatrocentos e sessenta milhões de escudos), 100% das Ações da Sociedade de Desenvolvimento de Achada de Palmarejo, Sociedade que era e sempre foi proprietária dos terrenos da Cidadela.

 

11. Quer o contrato-promessa, quer o contrato definitivo de compra e venda das ações da referida Sociedade foi preparado pelo Ilustre Advogado Dr. David H. Almada, em representação de todos e cada um dos acionistas Italianos.

 

12. Os referidos contratos foram assinados pelo Senhor José António Monteiro Teixeira, em representação da Tecnicil Imobiliária, e pelo Dr. David H. Almada, em representação de todos os acionistas Italianos.

 

A Administração da Tecnicil Imobiliária

Publicado em: 18/Mar/2020 10:58Hr


Artigos Relacionados